Blog da Redação do UOL Entretenimento

Arquivo : rafinha bastos

Rafinha Bastos ironiza o caso Wanessa Camargo na chamada de seu novo programa
Comentários Comente

UOL Entretenimento

Na chamada de seu novo programa “A Vida de Rafinha Bastos”, na FX, previsto para estrear em maio, o comediante aparece ao lado de uma grávida e faz referência ao caso Wanessa Camargo. Na peça publicitária, Rafinha entra em um elevador que já está com uma ocupante grávida. Quando a porta fecha, vemos a mulher reconhecendo o humorista. Já dentro do elevador, ela se mostra cada vez mais preocupada, segura a barriga e se afasta dele.

No programa “CQC” do dia 20 de setembro, o apresentador Marcelo Tas comentou: “Que bonitinha que está a Wanessa Camargo grávida”. No mesmo instante, Rafinha Bastos rebateu: “Eu comeria ela e o bebê. Não tô nem aí”. O que se seguiu foi uma batalha legal, que terminou com a condenação do humorista.

O programa é uma representação ficcional de fatos da vida de Rafinha, em que ele mesmo interpreta seu pai. Previsto para estrear em maio, terá mais doze capítulos.

 


Após proibição de venda, Rafinha Bastos distribui DVDs na Avenida Paulista; assista
Comentários Comente

UOL Entretenimento

Após ser proibida a venda dos DVDs do show “A Arte do Insulto”, por conter piadas sobre deficientes físicos e mentais, o humorista Rafinha Bastos resolveu ir para a Avenida Paulista, em São Paulo, e distribuir o material para quem passava no local. “Vender eu não posso, mas e se eu desse de graça?”, perguntou ele no início do vídeo.

Rafinha chegou a “presentear” com DVDs policiais que faziam ronda no local. Gravada em vídeo, a intervenção também foi feita em estações do metrô da cidade. O final do vídeo ainda trouxe um comunicado: “Nenhum cidadão foi ferido durante a gravação deste vídeo…nem assistindo ao DVD”.

A liminar que proíbe a venda dos DVDs em todas as lojas do Brasil foi concedida pela Justiça de São Paulo na última semana após a Apae entrar com uma ação cível contra o humorista. A instituição ainda pede que Rafinha se retrate publicamente pelos danos causados à imagem pública dos deficientes. O comediante  poderá entrar com recurso.

A ação ainda se desenrola na Justiça e o caso pode trazer mais prejuízo ao humorista. Se condenado, Rafinha ainda poderá pagar 100 mil reais para a Apae, 100 mil reais para fundo de defesa dos direitos difusos e 10 salários mínimos (cerca de 6 mil reais) a cada associado da Apae que se sentir ofendido pelas piadas.

Ao UOL, Rafinha comentou a decisão na última quinta-feira (2). “Eu acho o material que lancei absolutamente reprovável. Se eu tivesse no lugar da justiça, também impediria a venda de um produto tão ofensivo. Achei a atitude rápida, afinal, criei as piadas agorinha entre 2004 e 2006. Aos 120 mil amigos que compraram o DVD, peço que queimem suas cópias”.

“A propósito, já faço outro show desde o ano passado chamado ‘Péssima Influência’. Quem quiser me processar, está convidado a pagar para assisti-lo”, afirmou.


No VMB: Wanessa diz que não pode comentar processo contra Rafinha Bastos
Comentários Comente

UOL Entretenimento

Antes do início do VMB nesta quinta-feira (30), Wanessa  afirmou que não pode comentar o processo que está movendo contra o humorista Rafinha Bastos. “O processo está correndo, não posso fazer alarde, não é que eu não quero comentar, é que eu realmente não posso”.

A cantora, que apareceu com o cabelo muito liso na premiação contou que escolheu usar os fios alisados para disfarçar o rosto cada vez mais redondo por causa da gravidez. “A gente engorda, mas a unha e o cabelo melhoram. Estou realizada, me sinto abençoada por ter essa vida comigo”.

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>